Alô, Van Gogh?

Postado por Elisa* , 29 abril 2010 05:40

É ridículo, mas pensei no Van Damme escrevendo o título do post. Minha curiosidade me levou a pesquisar a biografia de ambos os Van's. Damme é de Bruxelas, Gogh estudou anatomia e perspectiva lá. Só isso! É óbvio o quanto são opostos, o que me chamou mais atenção foi o sucesso. A vida de Van Gogh foi conturbada, recheada de fracassos. Ele foi reconhecido depois de morrer, já Van Damme é famoso e rico! Como tratamos nossos gênios? É de doer o coração, mas é fato. Quantos você conhece preferem valorizar um ser marombado que teve a vida totalmente direcionada à preocupação com o corpo e virou estrela hollywoodiana a outro ser artista, louco? É simples, um marombado é muito mais "digerível". Como pode o Rebolation fazer tanto sucesso e aquele músico brilhante trabalhar como professor e ganhar miséria? Desvalorização!!!


Ok, chega de revolta por hoje.


Comprei adesivos por 30 centavos de dólar australiano. A função comercial desses era decorar lateral de fichários (aqueles pretos feios que com o tempo estragam o fecho inevitavelmente). Adoro pechincha! Foi a felicidade da semana quando os achei nas áreas de compra por impulso (eram caixotes postos grudados no Caixa, com os produtos jogados) numa loja que trabalhei - Officeworks. De volta ao Brasil reencontrei meu quarto sem telefone, fussei nos cantos de coisas abandonadas (para conserto ou doação) e achei um funcionando! Tive a brilhante idéia de customizar meu aparelho amarelado. Foi felicidade pura até descobrir que não poderia ser plena: depois de tanta colagem o telefone parou de funcionar.


Fiquei me achando muito, mas ficou bacana, né? Será que vão começar a produzir isso em larga escala? Podem me contratar para consultoria. Prometo que terei um engenheiro para acompanhar o projeto.


Beijo!

Priscila

Postado por Elisa* 04:09


Ops, passou o aniversário da Pri, já são mais de zerohora. Mas ainda vale um recadinho...
Ela ganhou coisas legais, vai mostrar por aqui.

10 postagens depois.....

Postado por Káris , 27 abril 2010 14:35

É a minha vez de dar oi!


Oi!

Tenho milhões de planos que moram em papéis e caixas guardados pra qualquer dia desses, e sei que você também. Como diz o publicitário Walter Longo, a gente vive numa sociedade que padece de déficit de atenção, conseqüência natural do paradoxo da escolha: toda vez que eu estou fazendo alguma coisa, deveria estar fazendo outras dez, como estudar, por exemplo. Mas esse blog não é sobre o dever. Ele é feito por duas garotas pé no chão, firmes na Rocha e ambiciosas, que olham pro alto: querem viver a vida com o melhor que se pode tirar dela.
Voltando àqueles planos, vou inaugurar minha participação colocando um deles em prática. Eu te apresento o...

CINEMA EM CASA

Sabe aquele moooonte de filmes que você sempre quis ver, sempre ouviu falar, chegou até a fazer uma lista como eu, mas nunca teve chance de assistir? Pois é, eu estou criando essa oportunidade! A partir desta semana, todas às sextas feiras eu estarei aqui em casa assistindo um desses filmes (depois posto a lista completa aqui), sempre às 21h. Amigos são bem vindos, a pipoca é por conta da casa! O cardápio do mês está postado - para os amigos - no álbum do meu orkut.

Um desses filmes eu fiquei curiosa pra assistir vendo esse clipe:


Por hoje é só!

Treinamento - Atendimento ao cliente

Postado por Elisa* , 26 abril 2010 21:56


Hoje começou um treinamento de atendimento ao cliente no meu trabalho. Pontos centrais:

* Encarar a realidade traz felicidade. Diga bom dia para você mesmo, é o primeiro passo para se ter um dia bom. O ideal deve ser usado para planejamento, sem ação para concretizá-lo gera decepção, infelicidade.

* Qualidade são os pontos fortes bem aproveitados, a ponto de abafar os defeitos. Depende da situação também, exemplo simplista: eu posso ser uma ótima cozinheira (nem é verdade), mas se você precisa que eu te leve para um passeio de moto, sorry! Talvez eu faça um quitute e você desista. Se não, chame meu namorado, ele é motociclista e mal faz miojo.

* Erros podem ocorrer, claro, mas são evitáveis. Muitos ocorrem por falta de comprometimento, insegurança, arrogância, comodismo ou falta de revisões (checar).

* O que fazer:
- ter consciência que a satisfação do cliente faz parte de ciclo interminável. Há sempre um modo de aprimorar.
- ser atento aos detalhes.
- ser cabeça pensante. Não é porque o chefe mandou que você vai fazer, se não concordar ou tiver dúvidas, questione! Nada mais estúpido que fazer algo sem saber a utilidade daquilo.


Amanhã tem mais um resuminho. Se alguém quiser o contato do treinador, me escreve que passo. Recomendo!

Gulodices - Bolo

Postado por Elisa* 20:57




A Pri @pricortez passou a receita, minha mãe já fez várias vezes. Esse de hoje foi o melhor! Gostosíssimo!!! Segredos passados de mãe Lana para suas filhas:

1º) não siga a receita ao pé da letra. Sério! Inventa alguma coisa, veja o que mais tem no armário/geladeira/fruteira/despensa.

2º) confie em você e no que estou dizendo. Se é uma tentativa de fazer algo gostoso, vai ficar ótimo! Vai no feelling... Insegurança é um sinal que o bolo vai solar, ficar duro, seco ou alguém vai te criticar de tentar fazer esses "troços saudáveis, argh".








Receita norteadora:
4 ovos (você pode também colocar 3 ovos e uma colher de linhaça triturada em duas colheres de água ou leite de soja)
1 xícara de açucar mascavo (pode ser o demerara também, dizem que é até mais saudável. Ah, pode também colocar ¹/² xícara de açuçar e completá-la com frutas secas trituradas)
100g de margarina sem sal
1 xícara de aveia em flocos (nesse bolo foi colocado metade aveia, metade granola)
1 ¹/² xícara de farinha de trigo (nesse a farinha usada era integral)
1 colher (sopa) de fermento em pó
2 maças picadas (põe com casca, mais vitaminas e sabor)
3 bananas picadas (rola de tentar com outras frutas também...)

Modo de fazer:
Misture todos os ingredientes, menos as frutas.
Bata bem, adicione as frutas e o fermento.
Coloque em fôrma untada.
Polvilhe por cima uma farofa feita ¹/² colher de margarina, ¹/² xícara de açúcar, ¹/² xícara de farinha e canela a gosto.
Pré aquecer o forno.
Assar por 20 minutos aproximadamente.

Gulodices - frutas

Postado por Elisa* , 25 abril 2010 23:09


Tomei vacina tríplice (suína, aviária e comum) essa semana. Meu efeitos colaterais foram: adiantamento do período menstrual, dor de cabeça, braço tenso (só no primeiro dia) e sintomas típicos de gripe - nariz entupido, espirros. Eu, hein?








Para ajudar o momento, tento me alimentar bem. Estando em casa ataco a fruteira, que está por sinal, diferente: carambola, cajá-manga, kiwi, caqui e maças. As maças são as únicas que sempre tem aqui em casa.

Falando em comida, fiz degustação de um prato maravilhoso essa semana. Foi no Brasília Shopping, programação paralela do festival Brasil Sabor. Risoto de framboesa e cordeiro ao molho de mostardas. Maravilhoso! E a decoração do prato estava muito fofinha. Comida bonita e gostosa.

Brinde da semana

Postado por Elisa* 22:30




Gosto muito de dar presentes, se eu achar que a minha idéia é boa, gasto sem dó (tempo e dinheiro)! Pensar no que as pessoas gostariam de ganhar é prazeroso. Muitas vezes são coisas simples, com um detalhe que muda tudo. Vou postar sempre presentes/brindes/lembrancinhas que eu curtir.
O primeiro eu ganhei na inauguração da Le Lis Blanc do Iguatemi Brasília. Uma bag com tecido firme, ótima para batidão (usar todo dia). Pretinho básico, logo bonita em dourado. Logomarca tosca ninguém quer estampar. Dentro dois moleskines* chiquérrimos. Capa com acabamento matelassê, fecho com baixo relevo da flor da marca e folhas com bordas douradas. Dois lápis pretos.
Gostei bastante! Não é apenas caderninho e lápis numa sacola, tem esmero.


*Moleskine é o lendário caderno usado há mais de dois séculos por intelectuais e artistas europeus, de Vincent Van Gogh a Pablo Picasso, de Ernest Hemingway a Bruce Chatwin.

Vitrine

Postado por Elisa* 00:58








Essa semana a loja Getúlio do Brasília Shopping fez uma ação bem bacana. Uma artista (vou descobrir o nome) desenhou na vitrine vários clientes. Eles compravam, depois ficavam do lado de fora como modelos. Todo mundo passando e clicando. Eu fui uma delas.
Ela deve ter ficado com a vista bem cansada no fim do dia =P

Ainda bem que a gente muda

Postado por Elisa* , 24 abril 2010 15:12





Mais Dori no You Tube.

Minha mãe odiava cachorros, achava um nojo a relação dono babão - bichinho manhoso. Até o dia que ela conheceu a Kika. Uma shih tzu que a conquistou apenas por gostar de cara dela. Os outros cães costumavam retribuir o "ódio". Mas não foi só isso. Minha mãe estava mais aberta a idéia. Conheceu um caso que um cão ajudou uma pessoa a se livrar da depressão. Como? O cara precisava levar o bichinho para passear, acabava saindo de casa e conversando com pessoas na rua.

Hoje eu comprei a Dori, presente de aniversário e dia das mães. Para minha casa, sem crianças, ela foi perfeita. Ela é uma prova de que mudar de opinião/postura é ótimo! Pensando nisso, algumas citações:

"Para mudar o mundo você precisa antes mudar sua cabeça" Jimi Hendrix

"Eu não me envergonho de corrigir meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender." Alexandre Herculano

Qualquer dia desses...

Postado por Elisa* , 23 abril 2010 19:22

...eu exponho o que eu faço, o que gosto, o que quero, o que achei de legal, minhas viagens (reais e imaginárias).
...você vai entrar aqui, dizer que também gosta e comigo conversar.

Beijos, Elisa.